Não é à toa que o Lightroom (Lr) é um dos programas preferidos pelos melhores fotógrafos. Ele resolve muitos problemas rotineiros de forma rápida e eficiente, além de tornar a entediante tarefa de administrar as fotos fácil e até mesmo tolerável. Se você se interessa em ingressar nesse novo mundo, todavia, não faça como eu, que comecei a usar o aplicativo sem entender exatamente como ele funciona, o que ocasionou perdas de tempo e de trabalho consideráveis. Com as dicas e links incluídos neste artigo instale o Lr e inicie um autoaprendizado que lhe permitirá tirar o maior partido possível do tempo gasto em frente ao computador.

O Lr não é apenas um excelente aplicativo de tratamento de fotos, mas um completo sistema de gerenciamento de informações colhidas desde o momento da captura das fotografias, até a sua destinação final. Assim, os metadados (data, hora, equipamento utilizado, dados de regulagem da câmera, ISO, resolução e local*) e ajustamentos realizados na imagem são guardados automaticamente. Palavras-chave e outras dicas para facilitar a futura busca da foto, também podem ser armazenadas.

Para facilitar sua utilização, o Lightroom 4 é dividido em cinco módulos, cada um deles com dezenas de opções para auxilia-lo nas tarefas domésticas da fotografia.  A seguir são comentadas as quatro principais funções do aplicativo:

dicas de fotografia profissional para gerenciar fotosArquivamento

Se você tem verdadeiro apreço pelas suas fotos, algum sistema de arquivo já está usando. Lamento mas, provavelmente, ele é precário diante daquele que o Lr oferece. Mover fotos de uma pasta para outra, adicionar ou excluir pastas… tudo que se faz com o Explorer ou com o Finder, também pode ser realizado com o Lr. Além do adequado arquivamento dos metadados, o programa facilita a separação das imagens boas, às quais você se dedicará, das ruins, que irão para a lixeira. Se preferir, você pode atribuir estrelas (1 a 5) às fotos ou usar cores para ajuda-lo(a) no processo de seleção. Isso tudo e muito mais, é realizado no módulo Biblioteca, pelo qual se “colam” as fotos capturadas no HD (importação) e se “salvam como” as imagens processadas (exportação). É fundamental estudar cuidadosamente essas operações, que devem ser empregadas com atenção, sempre sabendo onde estão arquivadas as fotos. Para começar, sugiro ler um tutorial a respeito;

Processamento

No módulo Revelação se dispõe de poderosas ferramentas de tratamento de imagem, de fácil utilização e que podem ser aplicadas a várias fotos simultaneamente.  Permitem, inclusive, recuperar fotos dadas como perdidas (principalmente se capturadas em RAW). A Adobe, desenvolvedora do programa, disponibiliza ajuda on line sobre como usar as ferramentas de tratamento das fotos.

A redução de ruído também é possível, embora ao custo de perda da nitidez. Outra das vantagens do Lr é que o arquivo original da foto não é alterado no processo de edição da imagem. Os  ajustamentos que visualizamos na tela do computador são, na realidade,  simulados e gravados em  arquivo diferente do da foto. Os dados de edição são efetivamente aplicados somente à imagem exportada para utilização;

Busca

curso de fotografia online com dicas de fotografia profissionalMais cedo ou mais tarde você se deparará com a necessidade de achar uma foto sobre um determinado tema no meio de milhares e milhares de outras. Isso pode ser realizado em segundos caso você tenha seguido um fluxo de trabalho lógico, que inclui a atribuição de palavras-chave às fotos. Para isso o Lr dispõe no módulo Biblioteca de vários filtros, tais como:
• Texto – procura em títulos e palavras-chave, por exemplo;
• Atributos – seleciona fotos marcadas com estrelas, cores ou outros sinalizadores;
• Metadados – pesquisa por data, câmera, lente, etc.;
• Combinação desses filtros – empregada para refinar a busca;
Vale a pena ler um artigo sobre o procedimento de localização de imagens específicas;

Entrega

O que você deseja fazer com as fotos selecionadas e processadas? Criar copias, grava-las em um DVD, elaborar um fotolivro, encaminha-las por email, , compartilha-las na Internet, criar uma apresentação ou simplesmente imprimi-las? Nos módulos Biblioteca, Livro e Apresentação de Slides encontram-se disponíveis ferramentas para facilitar e agilizar essas tarefas.

Outras Dicas:

Planeje-se para usar o Lr gratuitamente – O aplicativo está disponível para download sem custo no site da Adobe, podendo ser utilizado sem compromisso por um mês, tempo que passa muito rapidamente. Assim, sugiro baixar essa versão “0800″ somente depois de já ter se estruturado para usa-la. Isso inclui um mínimo de familiarização com o produto, suas telas e fluxo de trabalho básico, principalmente. Assim, você poderá aproveitar melhor os 30 dias de teste, aprendendo com a realização de um trabalho prático;
Utilize apenas um catálogo no começo – O Lr armazena as informações em catálogos, que funcionam com um daqueles folhetos de ofertas de um supermercado. As mercadorias não estão nele, apenas imagens, preços etc. Dessa forma, o catálogo retém  um ícone, um link e informações sobre cada foto, cujo arquivo original fica armazenado na memória do seu computador (como usuário de notebook, uso um HD externo, destinado unicamente para fotos). Após ganhar intimidade com o programa, fica mais fácil trabalhar com catálogos múltiplos;
Guarde todas as fotos em uma pasta principal -
Essa pasta pode conter outras pastas, mas não coloque fotos fora dessa raiz, pois isso dificultará muito sua rotina de trabalho;
Atenção para os back-ups – Por padrão o Lr ao ser fechado exibe uma tela recomendando o back-up do catálogo. Além de aceitar sempre, efetue periodicamente back-up das fotos que estão armazenadas (todas) onde você escolheu (HD do computador ou externo). Back-ups dos catálogos e das fotos devem ser guardados em locais diferentes daqueles onde se encontram os arquivos principais.

Forte abraço,
Pedro Trindade

Você deverá gostar também dos artigosHistograma dominadoeHistograma, esse incompreendido“.